Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cozinhar com

Venez j'vais vous aider. On descend et hot c'est parti - Amélie Poulain

Cozinhar com (urtigas)

Cozinhar dá pica, esta sopa também o dá, mas não pica. Fiz-me entender? Não é que cozinhar com este ingrediente torna-se um rico pretexto para mandar alguém às urtigas? Assim foi, literalmente. Vivendo no campo, conseguis obtê-las de forma gratuita mas, tendes que ter em atenção o local onde as colheis, para que salvaguardeis a sua não contaminação. Para além desta vantagem em termos de custo, nutricionalmente também existem, e não ficam atrás dos outros vegetais de folha verde escura, pois são uma fonte rica em vitamina A (principalmente depois de cozinhadas), cálcio e ferro. Quanto ao sabor.. digo-vos que esta sopa aveludada fica, na minha opinião, entre o sabor do espinafre e da couve. Para que possais reproduzi-la deixo-vos a receita, mas também a podeis encontrar no blogue e/ou livro "Sopa, Sim!" da Maria Inês.

  

Ingredientes

50 g de folhas de urtigas

1 chuchu

1 courgette

1 cebola

1 colher de sopa de azeite

água

 

Preparação

 

Começar por lavar bem as folhas de urtigas em água corrente.
Descascar os restantes ingredientes e cortar em rodelas finas.
Colocar uma panela ao lume com o azeite, a cebola, a courguette e o chuchu e deixe estufar em lume brando.
Acrescentar a água, até cobrir o preparado, deixando cozer.
Adicionar as folhas de urtigas e deixá-las cozinhar com o calor da sopa.
Com a varinha mágica triturar até obter uma consistência uniforme.
Quando empratar pode colocar uns croutons ou umas amêndoas com pele, para dar alguma crocância.

 

Untitled design (1)

Untitled design (1)2

4 comentários

Comentar post